sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Captação de recursos para investimentos e capital de giro


Como alavancar seu negócio com a captação de recursos?


Precisando de mais dinheiro para o seu negócio? Quer ampliar? Quem sabe esteja na hora de modernizar? Está na hora de investir em novos equipamentos? Sua empresa precisa de capital de giro?
Todo empreendedor chega em um momento em que olha sua organização e percebe que está na hora de melhorias. Existem projetos na gaveta que acabaram ficando de lado e ideias que não saíram do papel por falta de recursos financeiros. Isso sem contar a necessidade de capital de giro, essencial para dar fôlego financeiro ao negócio.
Para auxiliar empresas que precisam realizar a captação de recursos para investimentos e capital de giro, o mercado oferece algumas opções, conforme descrevemos a seguir:

Linhas de Crédito Bancário


Nesse tipo de captação de recursos sua empresa garante junto ao banco ou qualquer outra instituição financeira recursos para financiar seu negócio. O mercado conta com algumas opções como:

·         Cartão BNDES: opção destinada aos empreendedores individuais com CNPJ e às micro, pequenas e médias empresas nacionais que exercem atividades econômicas apoiadas pelo BNDES e que estejam em dia com seus tributos e obrigações federais. Com ele, a organização pode investir em itens para desenvolver e modernizar o negócio. O Cartão BNDES oferece um crédito rotativo e pré-aprovado de até R$ 2 milhões.

·         BNDES Automático: oferece apoio para projetos de investimentos de implantação, ampliação, recuperação e modernização de ativos fixos. É também voltado para projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação, nos setores de serviços, indústria, comércio, infraestrutura, agropecuária, produção florestal, pesca e aquicultura. Indicado ao financiamento a projetos de investimento cujos valores financiáveis não ultrapassam R$ 150 milhões. Finame: também do BNDES, trata-se de um financiamento para máquinas e equipamentos. O financiamento é por intermédio de instituições financeiras credenciadas. Possui três linhas: BK Aquisição e Comercialização (para aquisição e comercialização de sistemas industriais, bens de informática e automação, máquinas, equipamentos, ônibus, caminhões e aeronaves executivas); BK Produção (financiamento de capital de giro para produção de bens de informática e automação, máquinas e equipamentos); e Moderniza BK (destinado à modernização de máquinas e equipamentos instalados no país, com fornecimento contratado com os proprietários dos bens).

·         Proger – Capital de Giro: tipo de captação de recurso para financiar projetos de investimentos com ou sem capital de giro associado, para micro, pequenas e médias empresas com faturamento anual de até R$ 7.500.000,00, que visem a geração de emprego e renda. O limite é de até R$ 600 mil por empresa, com prazo máximo de pagamento de até 48 meses, sendo 12 meses de carência e limite financiável de 100%.

Investimentos anjos


Se sua empresa é uma startup com alto potencial de crescimento, ela pode buscar por investidores anjos. Nessa forma de captação de recursos, pessoas físicas investem capital próprio. Em contrapartida, o investidor tem participação societária no negócio.

Fundos de investimentos


Dentre os fundos de investimentos, uma opção de captação de recursos são os Fundos de Venture Capital (também conhecido como Capital de Ventura, Capital de Risco, Capital Empreendedor ou Capital de Investimento). Essa modalidade é indicada para empresas de médio porte que já estão estabelecidas, isto é, com carteira de clientes e receita, mas que precisam de uma ajuda extra para crescerem.

Captação de Recursos: qual escolher?


Aqui citamos apenas algumas modalidades que sua empresa pode utilizar para captar recursos. Não existe um tipo melhor que o outro, o que existe é aquele que se adequa melhor ao momento atual do seu negócio e às suas necessidades.
Exatamente por isso é que o ideal é contar com ajuda especializada de profissionais que auxiliam na busca por recursos que atendam à capacidade e necessidades do empreendimento, com juros justos e prazos adequados. Caso queira saber mais sobre captação de recursos, entre em contato. E se você acha que este post pode ser útil aos seus colegas, fique à vontade para compartilhá-lo.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

COAF - Sua Empresa Está Obrigada?



O Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) divulgou os novos prazos para comunicação de não ocorrência - CNO (declaração negativa) pelos setores obrigados.
Dentre os setores regulados pelo Coaf, são obrigados a efetuar a CNO empresas de fomento comercial (factoring), securitizadora (não regulada pela CVM); comércio de joias, pedras e metais preciosos; e serviços de assessora, consultoria,  auditoria, aconselhamento ou assistência, exceto contadores,  economistas e corretores mobiliários.
Os setores regulados pelo Coaf devem fazer a CNO referente ao período de 01/01/2018 a 31/12/2018 até 31/01/2019, por meio do Sistema de Controle de Atividades Financeiras (SisCoaf).
O SisCoaf é um portal eletrônico  de acesso restrito para relacionamento com Pessoas Obrigadas, que exercem as atividades listadas no artigo 9º da Lei nº 9.613, de 1998, para fins de comunicações financeiras, nos moldes definidos pelo artigo 11 da lei.
Pessoas Obrigadas são aquelas para as quais a Lei impõe obrigações de prevenção e combate ao crime de lavagem de dinheiro e de financiamento do terrorismo. Essas obrigações referem-se ao dever de identificar clientes, manter cadastros atualizados e registros, e realizar comunicações ao Coaf.
Além do Coaf, são obrigados a fazer a CNO setores regulados pelo Banco Central,  Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Conselho Federal de Corretores de Imóveis (Cofeci)  Conselho Federal de Contabilidade (CFC), Conselho  Federal de Economia (COFECON), Polícia Federal, Departamento de Registro Empresarial e Integração (Drei), Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Secretaria de Acompanhamento Fiscal, Energia e Loteria (Sefel) Superintendência de Seguros Privados – Susep e Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc).
Confira os novos prazos de todos os setores:


Fonte: Ministério da Fazenda / COAF

Contribuição Sindical Patronal

Prezado Cliente,

A contribuição sindical patronal deve ser recolhida no mês de janeiro de cada ano aos respectivos sindicatos de classe, tendo como base de cálculo o valor do capital social registrado.

Como parte da REFORMA TRABALHISTA, a qual vigora A PARTIR DE 11/11/2017, a Lei 13.467/2017 altera a redação do artigo 587 da CLT, para dispor que “os empregadores que optarem pelo recolhimento da contribuição sindical ...”, ou seja, a referida contribuição passa a ser OPCIONAL.
Diante do exposto informamos que deverão entrar em contato com seus respectivos sindicatos patronais e informar se irão optar pelo recolhimento ou não.
Iremos encaminhar normalmente as guias que chegarem até ao escritório, e fica por conta de vossa decisão o recolhimento ou não.

Em caso de dúvidas estamos à disposição.

Organo Contabilidade

terça-feira, 8 de janeiro de 2019

ICMS/SC - Governo prorroga pagamento do ICMS de dezembro ao setor varejista


A Secretaria de Estado da Fazenda de Santa Catarina (SEF/SC) está prorrogando o prazo de recolhimento de ICMS decorrente das vendas do comércio varejista de Santa Catarina. Os detalhes da medida estão no Decreto 1.853 assinado pelo governador Eduardo Pinho Moreira e pelos secretários Paulo Eli (SEF/SC) e Luciano Veloso (Casa Civil). O decreto autoriza o pagamento do ICMS de dezembro em duas vezes. A primeira parcela, correspondente a 70% do imposto, tem de ser recolhida até 10 de janeiro de 2019. Os 30% restantes devem ser pagos na segunda parcela, com vencimento em 10 de fevereiro de 2019. A medida, prática comum nesta época do ano e amparada pelo artigo 36 da Lei 10.297/1996, aplica-se ao setor varejista em geral, exceto para os produtos sujeitos ao regime de substituição tributária.

Fonte: Notícias SEF

Ficamos a disposição!
Organo Contabilidade.

Captação de recursos para investimentos e capital de giro

Como alavancar seu negócio com a captação de recursos? Precisando de mais dinheiro para o seu negócio? Quer ampliar? Quem sabe estej...